O Inigualável Paulo Gustavo! Um luto onde todos os artistas perderam um pedaço.

Mais um luto! Mais uma pessoa tão querida! Além de todas as tristezas que vivenciamos nos dias atuais, tristes e ainda precisamos ser mais fortes em meio a este momento bizarro que a humanidade está passando.

O propósito o blog não era de forma alguma postar conteúdos que não fossem de entretenimento ou humor, mas esta semana perdemos uma grande referência nacional do humor, o inigualável Paulo Gustavo e isso me fez pensar muito no quanto tudo parece uma grande simulação, o quão passageiro é estar vivo, o quão injusto é nadar contra um mar de injustiças por todo este período que chamamos de vida e muitas vezes perder tudo quando conquistamos algo.

Meus pêsames à família, sabemos que todo o legado de Paulo Gustavo estará eternizado em nossa história terrena, que todo seu amor pela arte do humor será nossa maior herança, acho muito triste quando perdemos artistas, toda perda é horrível, mas os artistas são como anjos infiltrados, o que quero dizer que são seres guiados pela energia invisível da arte, que aceitam este chamado de criar a felicidade, reproduzir toda a alegria em nossas almas e a grande maioria só é valorizada se for exposto na grande mídia.

O caminho que um artista independente trilha para conseguir pagar suas contas, é trilhado de forma solitária e injusta. As pessoas consomem arte, música, vídeos, utilizam ilustrações sem autorização, copiam textos e tudo mais… e ainda assim não valorizam o esforço de quem cria estas artes, não reconhecem ou agradecem o talento das pessoas que fazem o seu dia melhor, e são pessoas presas ao “senso comum”, em que precisam apenas de dinheiro, algum status e escolhem o caminho mais fácil que é ter um emprego normal e envelhecer sem tempo e saúde pra aproveitar a vida… o artista tem que aguentar piadas do tipo “Você é artista, mas trabalha com o que?”, “Por que não estuda pra um concurso”, ”Tu deve morar com sua mãe ainda”.

Infelizmente no Brasil ser artista é uma batalha diária, frustrante mas com muito potencial, e nós enxergamos este potencial, e mesmo contra todos (quando digo todos, são todos mesmo, família, amigos, esposas, maridos, sociedade…), insistimos nestes sonhos que por amor, por ter uma sensibilidade que a maioria não tem, por nosso coração bater forte quando desenvolvemos uma arte.

Por tanto, se você tem um amigo que cria conteúdo, é artista ou tem sonhos malucos, não seja mais uma pedra no caminho dele, incentive, ajude-o, apoie, não espere ele conquistar algo para dizer que ele é bom, que você sempre acreditou nele, dê um abraço neste amigo e diga o quanto você quer ver ele feliz e vê-lo conquistar seus sonhos, precisamos de mais anjos como o Paulo Gustavo, precisamos de mais felicidade, rir mais e aceitar as pessoas como elas realmente são.

Perdemos uma grande referência da arte, perdemos uma pessoa que nos ajudava a suportar esta pandemia, todos nós artistas brasileiros morremos um pouco.

Que Deus conforte o coração de todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s